Contos de Viagem

Férias no Ártico: Dormindo em uma Cama de Gelo

por Tomás Yazbek

O pioneiro Ice Hotel, o primeiro hotel construído em gelo no mundo, tem sua historia no início dos anos 80, com o desenvolvimento da isolada região de Kiruna (Província Sueca), em especial o vilarejo de Jukkasjärvi, localizado a 200 km acima do circulo polar ártico.

Vista aérea do Ice Hotel e do Rio Torne

Vista aérea do Ice Hotel e do rio Torne

 

Buscando desenvolver a até hoje remota região, o governo local com o apoio de moradores e em parceria com empreendedores passou a buscar alternativas para economia local, procurando torná-la um polo turístico. Pouco explorada, rapidamente o grupo obteve sucesso, tornou-se um paraíso para os amantes da natureza e de aventuras. Programas, tais como treinamento de sobrevivência, pesca e canoagem foram implementados para atrair novos turistas, e complementavam a programação daqueles poucos que já frequentavam a região graças ao conhecido rio Torne, aventureiros praticantes de rafting.

Em pouco tempo, com a melhoria da infraestrutura e a expansão do aeroporto de Kiruna, tornou-se muito mais que um destino exclusivo para esportistas. Passou a sediar conferencias, encontros empresariais e tornou-se ate mesmo um destino popular para grupos de curiosos em busca do sol da meia-noite.

Jukkasjärvi logo deixou de ser um ponto de encontro exclusivamente para turistas em busca de aventuras. O forte inverno, porém, limitava as atividades ao verão, tornando a região praticamente deserta por quase 5 meses do ano.

Yngve Bergqvist fundador do Ice Hotel e um grande entusiasta das artes, inspirado pela tradição japonesa em esculturas de gelo, teve então a ideia de em pleno inverno promover um workshop com a ajuda de dois escultores de gelo profissionais japoneses. No inverno de 1989 convidou artistas de diversos países para passar uma temporada congelante na região e explorar o material, dando início assim ao que viria a ser hoje o mundialmente famoso Ice Hotel. Em 1990, ele foi além, começou a construir com gelo, ainda modesto, apenas um grande iglu foi construído para abrigar as obras produzidas. Foi quando alguns de seus convidados, munidos de pele de rena e sacos de dormir lhe perguntaram se poderiam dormir ali. E assim em 1991 Yngve Bergqvist inaugurou oficialmente o primeiro hotel inteiramente construído de gelo e neve do planeta.

A entrada icônica do Ice Hotel

A entrada icônica do Ice Hotel

 

Hoje preparando-se para sua 26ª temporada, o hotel evoluiu muito e a cada ano um grupo seleto de artistas são convidados a “decorar” quartos exclusivos com o gelo, além de uma belíssima capela, tornando o local ainda mais popular. Como uma mini Las Vegas, casais apaixonados fazem fila para se casar.

Um casamento na capela do Ice Hotel

Um casamento na capela do Ice Hotel

 

Estes artistas, de todo o mundo, utilizando apenas a água congelada do rio Torne (da onde vem toda água utilizada na construção do hotel), reúnem-se na pequena aldeia sueca, dentro do circulo Polar Ártico, para criar uma exposição de arte exclusiva.

A arte é criada com imaginação e trabalho duro, para infelizmente derreter sob os raios do sol implacável da primavera.

Uma das obras da exposição exclusiva

Uma das obras da exposição exclusiva

 

Para os casais apaixonados são oferecidos sacos de dormir compartilhados, permitindo assim além do aquecimento da pele de rena que cobrem as camas também feitas de gelo e o saco de dormir feito especialmente para temperaturas extremas, um pouco de calor humano. Pessoalmente aconselho que se reserve um quarto de gelo e um chalé de madeira. Aqueles corajosos suficiente para passar a noite toda em um quarto de gelo, vale lembrar, banheiros e armários são comunitários, e caso sofra no meio da noite com o frio, nem sempre o hotel tem disponibilidade para reacomodá-lo. De qualquer maneira todos que passam pela experiência recebem um certificado, afinal não é para qualquer um adormecer em um ambiente cuja temperatura media é de -5 graus célsius.

Fique em uma acomodação de gelo, como a Deluxe Suite...

Fique em uma acomodação de gelo, como a Deluxe Suite The Great Escape…

 

... ou em um quarto de madeira, como o Nordic Chalet

… ou em um quarto de madeira, como o Nordic Chalet

 

O hotel conta com um Ice Bar, onde bebidas alcoólicas são servidas em copos de gelo, e os hospedes ficam em um ambiente de -5 graus sentados em blocos de gelo coberto por pele de rena. Dois restaurantes, um tradicional localizado em um antigo chalé e outro mais moderno onde são servidos pratos típicos da região, como carne e sorvete de rena, dentre outros pratos típicos da região, completam a experiência gastronômica do local.

Os trajes e as bebidas em copos de gelo no Ice Bar

Os trajes e as bebidas em copos de gelo no Ice Bar

 

Durante o Inverno, a localização é ideal para aqueles que tanto sonham em ver a aurora boreal, uma experiência única, e conta com diversas atividades interessantes, como passeios em treno puxado por cães, safaris fotográficos de snowmobile, cross-country skiing, jantares ao ar livre cercado pela natureza com uma temperatura media de -40 graus, e até mesmo montar a cavalo no gelo. É uma experiência única, uma daquelas viagens que todos devemos fazer pelo menos uma vez na vida.

A aurora boreal

A aurora boreal

 

Algo que ninguém pode deixar de provar, sendo quente ou frio é o delicioso suco de Lingonberry, típico da região da Laplandia, no norte dos países escandinavos. E para os corajosos, que enfrentam uma noite em 5 graus negativos, nada melhor do que ser acordado com um copo do suco quente para aquecer o corpo.

Em comemoração aos 25 anos do hotel, Yngve Bergqvist, foi além. Promete para este ano a inauguração do Ice Hotel 365, um hotel de gelo que passará a funcionar durante todo o ano, permitindo assim aos visitantes explorar ambos os mundos da região. Para isso a estrutura externa do hotel deixará de ser de gelo e neve, mas através de energia solar todo interior permanecerá congelado durante todo ano. Yngve garante, porém, que o Ice Hotel tradicional continuará a ser construído todos os anos, e continuará a surpreender com novos designs, praticamente uma escultura gigante. A ideia do 365 é apenas dar oportunidade para aqueles que não estão dispostos a passar um frio congelante do inverno em Jukkasjärvi e também oferecer uma gama maior de atividades para seus hóspedes.

Outra conquista interessante com a inauguração do novo hotel, é a possibilidade de manter vivas as esculturas, o Ice 365 promete abrigar a maior exposição de arte ao norte de Estocolmo e de todo ártico.

Projeto do Ice Hotel 365

Projeto do Ice Hotel 365

 

Aguçou o interesse para se hospedar no Ice Hotel? Entre em contato conosco que planejamos sua viagem!

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply