Browsing Category

Cultura

Cultura

Que Tal Conhecer a Casa de Verão do Papa?

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

É a primeira vez que os apartamentos no refúgio do Papa estão abertos ao público

É sempre interessante ver como nossos maiores ídolos vivem, sejam eles músicos, atores ou figuras religiosas. O Papa Francisco abriu sua casa de verâo, o Castel Gandolfo, nos arredores de Roma, para visitantes curiosos pela primeira vez na história. O Papa só visitou o palazzo do século XVII algumas vezes desde sua eleição em 2013, e ele nunca passou uma noite lá. Supostamente, ele prefere passar o verão em Roma, em seus apartamentos na Cidade do Vaticano.

all-planet-diaries-papa-castel-gandolfo

O local é enorme – ele possui 135 acres, que é 27 acres maior que a Cidade do Vaticano – e fica em um monte acima do Lago Albano, a aproximadamente 24 kilómetros de Roma. O Castel Gandolfo é ornado de cima a baixo, com direito a chão de mármore e detalhes primorosos. As paredes são decoradas com retratos de papas e famílias poderosas do passado, como os membros das famílias Medici e Borghese. A casa também é onde os Papas Pio XII e Paulo VI morreram, e onde João Paulo II se recuperou de uma tentativa de assassinato em 1981.

<> on February 20, 2013 in Rome, Italy.

Visitantes podem fazer um tour dos quartos do palazzo, como o quarto papal, que pode ser a atração principal para os fiéis e curiosos. O local espaçoso com paredes beges possui cortinas verde-claras e uma cama banhada a ouro, que fica do outro lado de uma capela privada. Esse quarto é famoso por ter sido uma maternidade improvisada durante a época do Papa Pio XII, quando o Castel Gandolfo serviu como um abrigo para refugiados.
all-planet-diaries-papa-castel-gandolfo-interior

A abertura da Casa Gandolfo ao público é a mais recente de uma série de esforços do Vaticano para fazer com que o Papa Francisco (e alguns artefatos históricos) seja mais acessível ao público. Em março de 2014 o Vaticano abriu os jardins da Villa Barberini à visitas, com tours guiados em inglês e italiano. Em setembro de 2015, eles implementaram uma linha de trem da Cidade do Vaticano ao Castel Gandolfo. Gostou? Se você quiser conhecer o Castel Gandolfo, entre em contato conosco que planejamos sua viagem!

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

Cultura

Os 10 Melhores Posts de Cultura de 2016

Veja os Melhores Posts do Ano da Categoria ‘Cultura’

Adora Tirar Fotos? Você Precisa Conhecer Essas 8 Vilas Europeias

all-planet-diaries-fotos-hallstatt-austria

Existe algo cativante sobre uma pequena vila Europeia. Aqui estão 8 das nossas favoritas, que são perfeitas para tirar fotos.

ArcelorMittal Orbit: o Túnel Mais Alto e Longo do Mundo

O recém-inaugurado escorregador do ArcelorMittal Orbit

Você teria coragem de andar no ArcelorMittal Orbit, o escorregador mais alto e longo do mundo, que inaugurou semana passada em Londres?

Broadway Week: Compre 2 Ingressos Por 1

All Planet Diaries Broadway The Phantom of the Opera

A Broadway Week 2016 acontece entre os dias 5 e 15 de setembro, e permite que você compre dois ingressos por um para os melhores shows daquela semana.

Os 10 Melhores Aplicativos Para Viajantes

mobile-apps-pile-ss-1920

Confira os aplicativos úteis, divertidos e diferentes que selecionamos para te acompanhar digitalmente na sua próxima viagem.

Vem Aí a Montanha Russa Mais Alta e Longa da Europa

all-planet-diaries-ferrari-land-formula-um

Gosta de adrenalina e de Fórmula Um? Você vai amar a Ferrari Land de Barcelona, que inaugura em 2017, com sua montanha russa mais alta e longa do mundo.

Túnel Gotthard na Suíça

All Planet Diaries Gotthard Base Tunnel Swill Alps

Conheça o túnel Gotthard Base Tunnel, na Suíca, que inaugurou dia 1 de junho e agora é o túnel mais longo e profundo do mundo.

Você Usaria a Mesma Camiseta por 46 Dias Sem Lavar?

All Planet Diaries Unbound Comparação

Esse é o projeto da empresa Unbound, que criou uma camiseta que permite seus usuários a viajarem com nada mais que uma mochila.

Por Que Você Precisa Visitar o IMG Worlds of Adventure

All Planet Diaries IMG Worlds of Adventure

As portas do maior parque temático coberto do mundo estão finalmente abertas! Visite o IMG Worlds of Adventure sem falta na sua próxima viagem à Dubai.

A Biblioteca Mais Antiga do Mundo

O pátio da Universidade

A biblioteca al-Qarawiyyin, em Fez, no Marrocos, é a biblioteca mais antiga do mundo. Ela foi recém-aberta ao público após quatro anos de restauração.

Como Configurar o Brilho do Seu iPhone Para -1

All Planet Diaries iPhone Brilho

Deixe a tela do seu iPhone mais escura que escura em quatro passos simples. Surpreenda seus amigos e nunca mais incomode as pessoas ao seu redor!

Cultura

Arte Moderna na Fundação Louis Vuitton em Paris

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

A única coisa mais interessante do que uma obra de arte é a história por trás dela

all-planet-diaries-arte-impressionista-na-fundacao-louis-vuitton-em-paris

Post RelacionadoO Guia Alternativo de Paris

Uma das coleções de arte moderna mais importantes da história finalmente será exposta em toda sua glória, depois de ser escondida por 119 anos. Um número de obras da coleção privada do magnata têxtil russo Sergei Schukin está em cartaz, até dia 20 de fevereiro, na Fondation Louis Vuitton em Paris.

A mostra Icons of Modern Art está exibindo 130 peças, incluindo as de mestres da arte como Picasso, Degas, Monet, Renoir, Matisse, e Van Gogh. No total, a coleção, com obras acumuladas entre 1897 e 1914, inclui uma quantidade impressionante de 8 Cézannes, 13 Monets, 16 Gauguins, 41 Matisses e 50 Picassos – todas com uma história particularmente tumultuosa.

Post RelacionadoOs 11 Melhores Restaurantes em Paris perto do Louvre

Um dos princípios da Revolução Bolchevique era que obras de arte deveriam ser propriedades públicas e não de uso próprio, então todas as peças foram tiradas à força da casa de Shchukin e dispersas. Stalin deu ordens para que as obras fossem escondidas até sua morte (que foi em 1953). Ao longo dos últimos 60 anos, as obras de arte começaram a reaparecer em museus seletos, e André-Marc Delocque-Fourcaud, o neto de Shchukin de 74 anos, começou a pressionar por uma grande exposição das peças em conjunto, da maneira que o famoso colecionador sonhava.

Enquanto coleções de peso de arte impressionista existem em vários museus ao redor do mundo, como no Musée d’Orsay em Paris e no Museum of Fine Arts em Boston, essa é a primeira vez que a coleção russa estará saindo do Museu do Hermitage em São Petersburgo e do Museu Pushkin em Moscou, onde parte da coleção de Shchukin já esteve em cartaz.

all-planet-diaries-arte-impressionista-na-fundacao-louis-vuitton-em-paris-3

Post RelacionadoParis: A Cidade Luz

Bernard Arnault, presidente e CEO da LVMH, aceitou o desafio de Delocque-Fourcaud de conseguir uma parceria entre a França e a Rússia para trazer a coleção de seu avó ao público. De acordo com Arnault, a coleção é uma das mais belas que já foi aglomerada. Ela é uma visão completa dos inícios da arte contemporânea.

A mostra tomou conta do museu inteiro assim como a coleção tomava conta da casa de Shchukin, o Palácio Troubetzkoy. Ela também segue a maneira como Shchukin gostava de exibir suas obras de arte. Um catálogo em três línguas (francês, inglês e russo) foi publicado para a mostra. O projeto foca em narrar a gênese da arte moderna e as convulsões que marcaram o período de 1890 a 1914, quando a coleção foi criada

Post RelacionadoUm Dia em Paris por $100 ou $1000

Essa é a primeira mostra de grande porte na Fondation Louis Vuitton, que também conta com um número de eventos de música e dança até ela sair de cartaz. Não fique aí parado! Essa é só uma das várias razões pelas quais Paris é um lugar incrível para se visitar – planeje sua viagem conosco agora mesmo!

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

* Esse artigo apareceu originalmente na Condé Nast Traveler

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

Cultura

Os Segredos de Buckingham Palace

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

A residência oficial da realeza britânica em Londres não era originalmente apta para reis e rainhas. Quando ela foi construída, ela era uma casa de três andares modesta, relativamente falando, e era a propriedade de John Sheffield, o Duque de Buckingham. Mas Rei George III comprou a propriedade por meros £21,000 em 1761, e começou o processo de transformar o local em um santuário para sua esposa, Rainha Charlotte.

Hoje em dia, Buckingham Palace é uma das atrações mais populares da cidade, atraindo aproximadamente 567,613 visitas por ano. Mas muitas pessoas não sabem que o icônico ponto de referência possui origens tão populares – nem que ele foi desabitado até que Rainha Victoria, com seus 18 anos, mudou-se para lá 76 anos depois dele ser comprado. Para mais segredos surpreendentes do Buckingham Palace, continue lendo.

Post Relacionado2 Hotéis Incríveis para se Hospedar em Londres (em Promoção!)

all-planet-diaries-os-segredos-do-buckingham-palace

Parece uma cidade mais do que uma casa

Buckingham Palace não só é uma propriedade imensa, mas também é o simbolo principal da monarquia há mais de 1,000 anos. Como tal, ele é tratado como uma entidade independente. Buckingham Palace é o único edifício no Reino Unido que possui seu próprio código postal (SW1A 1AA).

Ele possui 1,514 portas

A compra de Rei George III da casa de Sheffield foi só o início de décadas de renovações e expansões da propriedade. Uma delas foi a adição da Fachada Leste, onde atualmente membros da família real se reúnem para aparições públicas. A vasta propriedade inclui exatamente 1,514 portas e 760 janelas. Há uma grande quantidade de quartos também, 775 para ser precisa, 78 dos quais são banheiros. Dessa forma, você nunca pegará a Rainha Elizabeth fazendo fila para usar um chuveiro.

Post RelacionadoMelhores Rooftop Bars de Londres

A Rainha sempre anuncia sua chegada

Quer saber se a Rainha está em casa? Por protocolo real, a bandeira Royal Standard é levantada acima do palácio quando ela está no Buckingham Palace. Quando ela não está, o Union Jack toma seu lugar.

Você pode trabalhar no Buckingham Palace

A Casa Real emprega mais de 400 funcionários e alguns postos de trabalho são mais particulares do que outros. Por exemplo, a Rainha Elizabeth emprega um gaiteiro, que é pago para tocar bagpipes sob sua janela todos os dias às 9hs. A serenata dura 15 minutos – e é longa e alta o suficiente para que os primeiros visitantes que chegam ao palácio possam ouví-la. Para os amantes de antiguidades, existem duas posições de tempo integral conhecida como Royal Horological Conservators, que supervisionam cerca de 500 relógios da coleção da propriedade. Mais recentemente, a Rainha Elizabeth II estava à procura de um gerente de mídia social para twittar da conta @BritishMonarchy.

Túneis realmente existem em baixo do palácio

Haviam rumores há anos dizendo que existe uma rede de túneis escondidos debaixo do palácio. Mas a maioria rejeitou essas ideias, acreditando que eram o fruto de imaginações hiperativas. Em 2006, em uma entrevista a um jornal nacional, a Rainha-Mãe confirmou que ela foi para o porão para explorar a propriedade, e descobriu um posseiro que vivia nos túneis (que sim existem) há um bom tempo.

Post RelacionadoBrew, o Pub Londrino Que Servirá Chá e Não Cerveja

Passeios públicos são permitidos quando a Rainha sai de férias

Desde 1993, visitantes podem admirar o palácio de perto quando a Rainha sai para suas férias de verão. Turistas entram na propriedade pela Grand Entrance (a mesma usada por diplomatas quando eles recebem um convite da Rainha), e até podem degustar o chá que é servido durante jantares de estado. Tratamento real de fato.

Ou você pode fazer um tour de 360 graus online

Buckingham Palace foi o primeiro ponto de referência no Reino Unido a ser transformado em uma experiência de realidade virtual. Você pode ver a sala do trono, a galeria de quadros do Rei George IV, e a grande escadaria sem sair do conforto do seu sofá.

Post RelacionadoComo Planejar o ‘Staycation’ Perfeito

O que você achou dos segredos do Buckingham Palace? Fale para a gente nos comentários e entre em contato conosco para planejar sua viagem à Londres!

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

Esse post originalmente apareceu na Travel & Leisure

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

Cultura

Como Entrar em 13 Museus dos EUA Pagando Menos

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

Um dos programas mais típicos que fazemos quando visitamos uma cidade é visitar seus museus. Mas entrar neles de graça é uma raridade. Admissão em museus nos EUA para uma família de 4 pessoas pode chegar a USD 100 – e isso antes mesmo de entrar na lojinha. O site MONEY analisou os museus mais caros do país, e procurou as melhores maneiras de conseguir um desconto neles (isso sem incluir descontos para estudantes ou idosos). Afinal, existe uma maneira sim de economizar com arte. Continue lendo para ver como entrar em 13 museus dos EUA pagando menos.

The Field Museum, Chicago

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-the-field-museum-chicago

Quanto custa: USD 38 por adulto para um passe de all-access.

Por que visitar: nesse museu de história natural de 1863, você verá o maior (são 13m!) e mais completo tiranossauro rex do planeta apelidado de SUE, e múmias dentro de uma réplica de uma tumba Egípcia de 5000 anos.

Como economizar: existem dias de admissão gratuita para quem reside no Illinois.

Madame Tussauds Hollywood, Los Angeles

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-madame-tussauds-hollywood

Quanto custa: USD 63.95 por adulto comprando na hora para o Ultimate Experience, que inclui sua própria mão de cera e uma foto de souvenir.

Por que visitar: para passar um período com figuras de cera em tamanho real das suas estrelas de Hollywood prediletas, como Marilyn Monroe e Brad Pitt.

Como economizar: Só o Ultimate Experience custa meros USD 30.99 se você comprar online com antecedência, que é mais de 50% de desconto. Economize até mais optando pela admissão geral (você não ganha a mão de cera) que custa USD 20.99 online, ou apenas USD 14.95 online se você visitar o museu entre as 17hs e o horário de fechamento.

Museum of Science, Boston

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-museum-of-science-boston

Quanto custa: USD 25 por adulto, mais USD 6 se você quiser ver o planetário.

Por que visitar: mostras permanentes nesse museu popular no Charles River incluem aulas de como entender a língua dos pássaros em um tour virtual do Acadia National Park e um conservatório tropical cheio de borboletas voando livremente.

Como economizar: residentes podem pegar emprestado um passe gratuito para quatro pessoas do Boston Public Library.

The Mob Museum, Las Vegas

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-the-mob-museum-las-vegas

Quanto custa: USD 23.95, mas compensa mais comprar um passe anual por USD 30.

Por que visitar: nem Whitey Bulger entraria de graça legalmente nesse museu dedicado a mafiosos, onde mostras incluem armas de crime e uma inteira dedicada a escutar conversas particulares de telefone. Você até pode ouvir a que ajudou a derrubar John Gotti.

Como economizar: se você não for residente e comprar online, os ingressos saem por USD 19.95.

California Academy of Sciences, São Francisco

California Academy of Sciences

Quanto custa: USD 34.95 por adulto.

Por que visitar: você verá sapos venenosos dentro de uma floresta tropical de quatro andares, e pinguins africanos dentro do Steinhart Aquarium que abriga 900 espécies diferentes.

Como economizar: durante quatro domingos ao ano, admissão é gratuita para o público geral.

Kennedy Space Center, Merritt Island, Flórida

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-kennedy-space-center-florida

Quanto custa: USD 50.

Por que visitar: com uma viagem à lua custando aproximadamente USD 250,000, uma visita ao Kennedy Spacy Center parece sair quase de graça. Vale a pena ir para conhecer astronautas aposentados, entrar em um simulador de uma nave espacial, e até ver foguetes verdadeiros serem lançados.

Como economizar: quem for professor K-12 de escolas locais entra de graça, e militares ativos recebem USD 4 de desconto.

Newseum, Washington, D.C.

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-newseum-washington-dc

Quanto custa: USD 22.95.

Por que visitar: você pode ver um pouco da história de lendas do jornalismo nesse museu, assim como os sujeitos de suas histórias. O museu também possui o maior pedaço do Berlin Wall fora da Alemanha.

Como economizar: compre ingressos online com antecedência para receber 15% de desconto.

The Tech Museum of Innovation, San Jose, Califórnia

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-the-tech-museum-of-innovation-san-jose

Quanto custa: USD 29 incluíndo acesso a sala Imax.

Por que visitar: o pessoal de Silicon Valley gasta um bom dinheiro para construir e programar um robô, acompanhar suas métricas de corpo usando sensores futuristas, e andar em uma cadeira jet pack que replica as manobras da NASA com jatos de ar comprimidos. Veja todas essas inovações nesse museu.

Como economizar: se você for ao museu na última hora que ele estiver aberto, você recebe um desconto. Quem tiver um cartão do Bank of America recebe  entrada gratuita para uma pessoa no primeiro final de semana de cada mês.

Titanic Museum, Pigeon Forge, Tennessee

All-Planet-Diaries-Como-Entrar-em-13-Museus-dos-EUA-Pagando-Menos-Titanic-Museum-Tennessee

Quanto custa: USD 25.

Por que visitar: aqui você poderá colocar carvão na casa de máquinas do Titanic e até andar por uma recriação da escadaria de carvalho de 1907.

Como economizar: professores recebem ingressos gratuitos em setembro.

National WWII Museum, Nova Orleans

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-the-national-wwii-museum-new-orleans

Quanto custa: USD 26.

Por que visitar: esse museu honra a Segunda Guerra Mundial e possui um cofre com 100,000 artefatos, incluindo uniformes, armas, diários e fotos.

Como economizar: veteranos da Segunda Guerra Mundial entram de graça e militares por USD 16.50. O New Orleans Visitor’s Guide tem um coupon de USD 2 para ingressos de admissão geral para adultos.

National September 11 Museum, Nova York

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-the-national-september-11-museum-new-york

Quanto custa: USD 24.

Por que visitar: uma lembrança solene de um dos piores dias da história americana, com artefatos, vídeos de lapso de tempo, e histórias reais contadas a cada terça-feira de pessoas que estavam no local.

Como economizar: a entrada do museu é gratuita às terças feiras das 17hs até o horário de fechamento. Famílias com parentes que estavam lá no dia 11 de setembro, grupos de resgate e de recuperação, e militares entram de graça. Ingressos para quem faz parte do FDNY, NYPD e PAPD custam USD 12 with com um documento válido.

Experience Music Project Museum, Seattle

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-experience-music-project-museum-seattle

Quanto custa: USD 22 por adulto.

Por que visitar: o exterior desse museu desgined por Frank Gehry parece ser uma representação visual de Zeppelin. Dentro dele, você pode apresentar Purple Haze em um palco em frente a uma platéia gritante e entrar a fundo na história do Nirvana.

Como economizar: você pode registrar para receber um passe gratuito com o cartão da biblioteca de Seattle.

Art Institute of Chicago, Chicago

all-planet-diaries-como-entrar-em-13-museus-dos-eua-pagando-menos-art-institute-of-chicago

Quanto custa: USD 25.

Por que visitar: os Nighthawks de Edward Hopper e o American Gothic de Grant Wood estão entre 300,000 obras de arte na coleção permanente dessa meca de arte de 1879.

Como economizar: gratuito para residentes do Illinois às quintas a noite, o ano todo.

O que você achou das maneiras de economizar nesses museus? Fale para a gente nos comentários e planeje sua viagem conosco!

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

Cultura

Vem Aí a Montanha Russa Mais Alta e Longa da Europa

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

Gosta de adrenalina e de Fórmula Um? Você vai amar a Ferrari Land

All Planet Diaries Ferrari Land Fórmula Um Montanha Russa

Viciados em adrenalina poderão logo mais andar na montanha russa mais rápida e alta da Europa quando o antecipado Ferrari Land inaugurar ano que vem no PortAventura Parks and Resorts.  Esse é o maior projeto do parque temático até hoje, que atrai por volta de 400 milhões de visitantes por ano. A nova montanha russa irá quebrar o récorde da atual maior montanha russa da Europa, também no parque, a Shambhala. O parque custará aproximadamente €100 milhões para sair do papel. Mas, se as estimativas estiveram corretas, valerá a pena: o parque espera atrair um milhão de visitas a mais por ano por causa da expansão.

Post RelacionadoArcelorMittal Orbit: o Túnel Mais Alto e Longo do Mundo

A montanha russa, prevista para abrir no sul de Barcelona dia 7 de abril de 2017, terá um acelerador vertical que levará seus passageiros a 112 metros de altura, antes deles voltarem rapidamente para baixo em um ângulo de 90 graus. A atração chega a uma velocidade de 180 quilómetros por hora em apenas 5 segundos, para dar aos seus passageiros a sensação de estar andando em uma pista de Fórmula Um. Para garantir a segurança da atração, um time de experts está manualmente construíndo a montanha russa peça por peça, algo que necessita precisão cirúrgica e ventos favoráveis.

Post RelacionadoPor Que Você Precisa Visitar o IMG Worlds of Adventure

all-planet-diaries-ferrari-land-formula-um-expansao-parque

Fãs de Fórmula Um também irão encontrar uma pista de corrida e simuladores de Fórmula Um dentro do parque. Além disso, a Ferrari Land terá réplicas de monumentos famosos italianos, como o Coliseu de Roma e a Piazza San Marco de Veneza. De acordo com Marc Gené, um test driver que está trabalhando com o parque para criar suas atrações, todas as experiências darão aos seus visitantes a sensação de dirigir um carro de Fórmula Um em primeira mão. A Ferrari Land é apropriada para todas as idades, onde até os membros mais novos da família podem descobrir o espírito lendário da Ferrari.

Post RelacionadoComo Visitar a Universal Orlando em Apenas Um Dia

O que você achou da Ferrari Land? Deu vontade de conhecer? Entre em contato conosco que planejamos sua viagem para lá!

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

Cultura

Um Final de Semana de Arte e Cultura em Amsterdam

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

Não é sempre que conseguimos tirar um período longo de férias quando temos vontade de fugir da nossa rotina. Entretanto, isso não quer dizer que você precisa se privar da oportunidade de conhecer um local novo ou especial.

Amsterdam é o destino perfeito para uma curta estadia repleta de arte, cultura e diversão. Veja o que você pode fazer para aproveitar ao máximo um final de semana na cidade:

Conferir as Galerias de Arte

All Planet Diaries Amsterdam Galeria de Arte Expooze

Galeria de Arte Expooze

 

Fãs de arte irão adorar o fato de que Amsterdam é cheio de galerias de arte incríveis. Você pode facilmente passar um dia inteiro andando pela cidade olhando belas obras. As galerias de arte da cidade são espalhadas ao longo de um número de distritos, como nos bairros de Spiegelkwartier e Jordaan.

Visitar os Museus

All Planet Diaries Amsterdam Rijksmuseum Biblioteca

Biblioteca dentro do Rijksmuseum

 

A riqueza de museus de Amsterdam torna a cidade em um destino ideal para absorver cultura e aprender coisas novas. Existem vários tipos de museus abordando tópicos diferentes.

Para começar, visite o Rijksmuseum. Ele tem uma valiosa coleção de peças de arte, assim como outros artefatos, e foi eleito o melhor museu digital de 2016 pelo Leading Culture Destinations Awards.

O Van Gogh Museum, o Jewish Historic Museum e o Stedelijk Museum também valem a visita, e não deixe de conhecer a casa antiga de Rembrandt e o Amsterdam Museum. Embora não dê para ver tudo em apenas um final de semana, escolha alguns para dar uma passada.

Para mais detalhes, veja o que fazer em Amsterdam.

Andar de Bicicleta

all-planet-diaries-amsterdam-bicicleta

Bicicletas ao longo de um dos canais de Amsterdam

 

Bicicletas são um dos marcos da cultura holandesa, e não é uma surpresa que vários turistas decidem alugar uma. Isso não é difícil pois existem várias empresas que alugam bicicletas ao longo da cidade.

Essa também é possivelmente a maneira mais fácil, conveniente e divertida de se locomover por Amsterdam, e te dará a oportunidade de conhecer a cidade por completo. Você pode seguir os locais, e passear por lugares pouco conhecidos.

Se você não é um grande esportista, você não precisa se preocupar. Amsterdam é uma cidade plana, então pedalar não irá exigir muito esforço da sua parte.

Assistir um Show

All Planet Diaries Royal Concertgebouw Orquestra

Orquestra do Royal Concertgebouw

 

Amsterdam é um local ótimo para assistir um show ou concerto. O Royal Concertgebouw, o Muziekgebouw e o Stadsschouwburg estão entre os melhores lugares para se entreter a noite. A seleção de eventos inclui de tudo, desde teatro à música clássica à ópera.

Música eletrônica e de rock também são bem representadas na cidade. O Heineken Music Hall é o maior complexo de shows, mas também existem vários outros de tamanho menor.

O grande apelo de Amsterdam torna o destino em um local perfeito para experiências artísticas e culturais. Aproveite e planeje sua viagem para lá conosco agora mesmo!

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

Cultura

O Melhor Destino Cultural de 2016

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

Já havíamos reportado sobre o vencedor dos James Beard Awards, os ‘oscars da gastronomia’, e agora chegou a vez de falar sobre os Leading Culture Destinations Awards (LCDA), os ‘oscars de museus‘. Não é uma tarefa fácil reduzir os melhores museus e atrações culturais do mundo – só nos últimos meses falamos sobre os 5 melhores museus de Tóquio, a exposição ‘Unfinished: Thoughts Left Visible’ no Met Breuer e a nova Tate Modern. O LCDA nomeou no dia 30 de setembro em Londres os melhores destinos culturais do ano. O vencedor? O The Broad em Los Angeles.

all-planet-diaries-the-broad-los-angeles

Antes mesmo do The Broad abrir suas portas em setembro de 2015, o burburinho permeando sua criação e design eram inquestionáveis. O The Broad é em grande parte composto do antigo acervo pessoal dos filantropos baseados em LA Eli e Edythe Broad. O local, convenientemente localizado em dowton próximo ao Museum of Contemporary Art, possui quase 2,000 obras de arte, que vão desde os trabalhos de Jean-Michel Basquiat a Jeff Koons. Para quem gosta de colecionar arte, o destino também é um local oportuno, pois a lojinha do museu vende coisas como uma versão assinada do The Complete Spot Paintings de Damien Hirst por meros USD 500.

all-planet-diaries-the-broad-leading-culture-destinations-awards

O painel de juízes do LCDA escolheu o The Broad como vencedor a partir de uma lista compilada por aproximadamente 80 embaixadores culturais que vem de todas as partes do mundo. Para conquistar o prêmio principal, as atrações precisam passar o teste dentre quatro categorias: Melhor Destino Cultural, Melhor Museu Novo, Prêmio de Viagem e Destino de Poder. Os votos finais são baseados em uma lista reduzida à três instituições por categoria, que leva em consideração a criatividade e inovação de cada lugar. Outros destaques esse ano foram o Rijksmuseum em Amsterdam por Melhor Museu Digital, a nova expansão Tate Modern Switch House em Londres por Melhor Museu Novo na Europa e a Cidade de Quebec por Melhor Cidade Cultural. Ano passado, o vencedor do LCDA foi o Museum of Modern Art (MoMA) em Nova York. De acordo com o site do LCDA, os prêmios tem como intuito exibir as contribuições mais excepcionais para a vida cultural que os museus e instituições similares oferecem.

Não consegue esperar mais um segundo para conhecer o The Broad em Los Angeles? Planeje sua viagem conosco agora mesmo!

Veja também os Top 10: Destinos Para Visitar em 2016.

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

Cultura

Adora Tirar Fotos? Você Precisa Conhecer Essas 8 Vilas Europeias

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

Existem várias coisas incríveis para se fazer e ver em cidades grandes. Mas existe algo seriamente cativante sobre uma pequena e exótica vila Europeia, aquela que parece sair de um conto de fadas. Aqui estão 8 das nossas favoritas, que são perfeitas para quem gosta de tirar fotos.

Ronda, Espanha

all-planet-diaries-fotos-ronda-espanha

Nos arredores de Málaga, a pequena vila de Ronda é localizada em um desfiladeiro profundo, acima do Rio Guadalevín. A Puente Nuevo, uma ponte de pedras do século XVIII, liga dois lados contrastantes – para o sul, uma cidade antiga com influências mouras, e para o norte, uma cidade clássica espanhola.

Annecy, França

all-planet-diaries-fotos-annecy-franca

Annecy é conhecida como a Veneza dos Alpes, e por razões óbvias. O Rio Thiou permeia a cidade antiga, cercada por pontes para pedestres, calçadas portuguesas, castelos e catedrais barrocas.

Post RelacionadoO Guia Alternativo de Paris

Burnham Market, Reino Unido

all-planet-diaries-fotos-burnham-market-reino-unido

Essa cidadela colorida em Norfolk, no Reino Unido, é a definição clássica do charme inglês. Localizada a apenas 4 milhas da costa, a rua principal do Burnham Market é repleta de casas de tijolo e pedra abrigadas por lojas de antiguidades e especiarias, pequenas boutiques e bares centenários.

Folegandros, Grécia

all-planet-diaries-fotos-folegandros-grecia

Uma raridade entre as Ilhas Gregas, a pequena ilha Egéia de Folegandros foi praticamente intocada por turistas. Enquanto você explora a cidade rochosa e isolada, você verá caminhos criados para burros e covas com barcos de pesca – e nenhum hotel de luxo ou casino à vista.

Post Relacionado: 15 Livros Para Alimentar Seu Wanderlust

Coimbra, Portugal

all-planet-diaries-fotos-coimbra-portugal

Coimbra é uma cidade universitária vibrante e abriga a melhor universidade do país. Durante o ano letivo, os bares e restaurantes locais ficam lotados de estudantes, mas durante o verão, Coimbra fica vazia e tranquila.

Hallstatt, Áustria

all-planet-diaries-fotos-hallstatt-austria

Não é uma surpresa que a cidade austríaca de Hallstatt, que fica a uma hora de Salzburgo, é uma das cidades mais visitadas e fotografadas do país. Acredita-se que a cidade alpina, que foi fundada em 800 A.C., abriga a mina de sal mais antiga do mundo. Hoje em dia, Hallstatt é uma vila idílica com casas em cor pastel construídas ao longo de um lago.

Post RelacionadoArte e Gastronomia em Salzburgo

Atrani, Itália

all-planet-diaries-fotos-atrani-italia

É fácil passar por batido pela pequena vila de Atrani quando na Costa Amalfitana da Itália. Conhecida pelas igrejas dos séculos XI e XII, e penhascos encantadores e dramáticos, Atrani foi basicamente construída para projetar romance.

Reine, Noruega

all-planet-diaries-fotos-reine-noruega

Você não irá encontrar muito mais do que cabines de pesca coloridas, água cristalina e falésias dramáticas em Reine. Mas quem precisa de uma pletora de atividades no solo quando você tem a vista da aurora boreal?

O que você achou da nossa lista das melhores cidades para tirar fotos na Europa? Você tem mais alguma para adicionar? Fale para a gente nos comentários!

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

* Esse artigo foi originalmente postado no PureWow

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail

Cultura

A Cidade do Futuro: Tudo Sobre a World Expo 2017

Quer receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail? Clique aqui para se cadastrar na newsletter!

Mais de 80 países já confirmaram presença para a Astana World Expo 2017 no Cazaquistão

Uma cidade futurista incorporando formas de energia renováveis está sendo criada em Astana, no Cazaquistão, para a World Expo 2017. A grande feira mundial, que acontecerá entre o dia 10 de junho e o mês de setembro do ano que vem, é organizada pelo Gabinete Internacional de Exposições, e terá como tema o ‘Futuro da Energia‘. O projeto, que se estende por 429 acres, está sendo desenvolvido por Adrian Smith + Gordon Gill Architecture, com custo estimado ao Cazaquistão de entre USD 3 e USD 5 bilhões. Astana já e conhecida por ter edifícios futuristas, como o Khan Shatyr, um shopping center que funciona como a maior tenda do mundo. Fato curioso: Astana é a segunda capital mais fria do mundo, com temperaturas caindo para menos de 40 graus Celsius no inverno.

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-12

Respondendo ao tema, ele incluirá prédios que operarão como usinas de energia, gerando energia a partir de painéis solares e turbinas eólicas para alimentar a si mesmos e ao resto do campus através de uma rede inteligente e inovadora. Cada elemento do design visa incentivar e apoiar a ideia de energia limpa em todo o projeto, que irá expor pavilhões culturais, um empreendimento residencial, áreas comerciais, instalações educacionais e civis, assim como parques e um estacionamento.

Localizado no centro do campus, o pavilhão do Cazaquistão é um esfera parecida com a ‘bola do Epcot’ em Orlando, e será um verdadeiro símbolo do conceito do futuro da energia. Sua pele transformadora irá reduzir a perda térmica além do brilho solar de dentro do prédio, que ao mesmo tempo aumentará a produção de energia do edifício através de sistemas integrados sustentáveis, como a energia fotovoltaica. 28 prédios serão construídos ao redor da esfera central, que incluirão um centro científico, um teatro de 1000 lugares e hotéis.

Quando o World Expo terminar, o local será convertido em uma área comercial e de pesquisa para empresas e empreendedores internacionais. Segue abaixo algumas fotos do projeto:

all-planet-diaries-world expo-2017-astana-cazaquistao-5

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-4

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-3

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-2

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-1

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-8

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-7

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-11

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-6

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-10

all-planet-diaries-world-expo-2017-astana-cazaquistao-9

 

O que você achou da Astana World Expo 2017? Para visitá-la, é só entrar em contato conosco!

Para receber promoções exclusivas de viagem que só compartilhamos por e-mail, clique aqui para se cadastrar na newsletter.

Siga a All Planet Diaries no Bloglovin, Facebook e Instagram

Nunca Perca Outro Post!

Fique sabendo de todas nossas novidades e promoções por e-mail